AJF 2002

O Portal dos Fifeiros
 
InícioPortalGaleriaFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 A verdade sobre o brasileirão de 87

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
giu0000

avatar

Mensagens : 70
Data de inscrição : 03/12/2007
Idade : 26
Localização : RJ

MensagemAssunto: A verdade sobre o brasileirão de 87   Sex Jan 11, 2008 3:16 pm

Em 1987, os treze principais clubes do futebol brasileiro na época (Vasco, Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Flamengo, Santos, Fluminense, Botafogo, Atlético/MG, Cruzeiro, Inter, Grêmio e Bahia) decidiram fundar uma associação denominada Clube dos 13, apesar das ameaças de desfiliação por parte da CBF, com o respaldo da FIFA. Patrocinados pela Coca-Cola, Varig e Rede Globo de Televisão, organizaram a Copa União, uma alternativa ao Campeonato Brasileiro.

A criação da Copa União surgiu após uma conciliação entre a CBF e o Clube dos 13, já que uma desobediência à entidade poderia provocar reações da FIFA. O novo campeonato foi divido em quatro Módulos, sendo o Módulo Verde composto pelos 13 integrantes do
Clube dos 13 além de Goiás, Santa Cruz e Coritiba, deixando de fora o Guarani, vice-campeão do ano anterior e o América/RJ, 4º colocado. O Módulo Verde foi considerado como primeira divisão e o Módulo Amarelo, como segunda. A CBF organizou ainda outros dois módulos: azul e branco, equivalentes à terceira divisão.

Para conciliar os interesses do Clube dos Treze com os da CBF, foi definido, antes do início do campeonato, que os campeões e vice dos módulos verde e amarelo se enfrentassem em um quadrangular final, de onde sairia o campeão brasileiro de 1987 e os representantes brasileiros na Taça Libertadores da América.

Quando já estava perto da definição dos representantes de cada módulo, para a disputa final, o Clube dos 13 convocou uma reunião do Conselho Arbitral e propuseram uma mudança no regulamento, não havendo mais a realização do quadrangular final e que o campeão e o vice do Módulo Verde seriam decretados, automaticamente, campeão e vice do campeonato.

Em votação, eles obtiveram a maioria dos votos a favor da mudança, porque além de contar com a unanimidade dos votos dos membros do Módulo Verde, alguns clubes do Módulo Amarelo também votaram a favor, como o Náutico, principal rival do Sport, melhor time do Módulo Amarelo.

O regulamento do Conselho Arbitral previa que para se aprovar o regulamento de uma competição antes de seu início, seria necessário a maioria dos votos a favor, porém, depois de iniciada a competição, o regulamento só poderia ser mudado por unanimidade dos votos do Conselho Arbitral e não apenas pela maioria dos votos.

Em dezembro de 1987, após a confirmação dos quatro times finalistas em cada módulo (Flamengo, Inter-RS, Sport e Guarani), a CBF anunciou a tabela deste quadrangular, que seria disputado em turno e returno, mas o Flamengo, apoiado pelo Clube dos Treze, negou-se a por seu título em risco.

Com isso Sport e Guarani disputam o quadrangular, vencendo os jogos contra Flamengo e Internacional por WO. A CBF acabou declarando o Sport como Campeão Brasileiro de 1987, enquanto o Clube dos 13 fez o mesmo com o Flamengo. Embora a maioria da imprensa esportiva não tenha admitido o título do Sport, ainda hoje na página oficial da CBF, o clube de Recife costa como campeão brasileiro de 1987.



A CBF, por ser a entidade máxima do futebol nacional, indicou Sport e Guarani, respectivamente campeão e vice daquele ano, como representantes do Brasil na Copa Libertadores da América. Insatisfeito com a decisão o Flamengo entrou com ação perante o STJD para que fosse reconhecido como legítimo campeão de 1987, mas perdeu. Tendo o caso sido levado à justiça comum, esta, em processo cuja decisão já se tornou definitiva (sem possibilidade de recurso), deu ganho de causa ao Sport Club do Recife.

Claro que o Flamengo, o Clube dos Treze e a Rede Globo continuam até hoje considerando o Flamengo campeão brasileiro deste ano.

De fato o clube carioca venceu a disputa entre os principais clubes do futebol brasileiro naquela oportunidade, assim como em 2000, na Copa João Havelange, o Cruzeiro foi o vencedor do Módulo Azul (1ª divisão do campeonato) com Sport em 2º e o Fluminense em 3º.

A diferença é que em 2000, os 12 primeiros colocados do Módulo Azul disputaram com os 3 primeiros colocados do Módulo Amarelo e o vencedor dos Módulos Verde e Branco. Depois dos jogos eliminatórios (oitavas de final, quartas de final, semifinais), o Vasco (5º colocado do Módulo Azul) e São Caetano (1º colocado do Módulo Amarelo) fizeram a final e o Vasco se consagrou campeão.

Para apimentar ainda mais esse assunto polêmico, a CBF anunciou que irá entregar ao São Paulo, caso ele confirme o título de campeão brasileiro de 2007, uma taça especial em decorrencia do penta campeonato do clube paulista.



Criado no início dos anos 70, após um concurso organizado pela Caixa Econômica Federal, o troféu seria entregue ao campeão do Campeonato Brasileiro até que o primeiro clube fosse tricampeão de forma consecutiva da competição ou pentacampeão em conquistas alternadas, o que garantiria a posse definitiva da taça conforme orientação da Confederação Brasileira de Futebol na época. Acabou que o troféu saiu de cena após a última conquista rubro-negra. Desde então, a taça está guardada a sete chaves na sede da Caixa, à espera de um pentacampeão reconhecido pela entidade máxima do futebol brasileiro, a CBF.

Claro que o Flamengo se acha no direito de ficar com a taça, já que considera ser pentacampeão desde 1992. A polêmica está justamente no título da Copa União de 1987 e pelo jeito vai continuar pelo próximos anos.

Fonte: Ponto Perdido
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.guerreirosdoalmirante.com.br
games



Mensagens : 2
Data de inscrição : 12/01/2008

MensagemAssunto: Re: A verdade sobre o brasileirão de 87   Sab Jan 12, 2008 7:58 pm

tem um dado importante que faltou ai, o flamengo não se negou a jogar os 2 jogos da final, o flamengo perdeu o jogo em casa e se negou a ir a ilha do retiro no jogo de volta, com medo de perder o título que estava mais fácil pro sport já que o mesmo tinha ganho a partida fora de casa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
giu0000

avatar

Mensagens : 70
Data de inscrição : 03/12/2007
Idade : 26
Localização : RJ

MensagemAssunto: Re: A verdade sobre o brasileirão de 87   Dom Jan 13, 2008 9:26 am

games escreveu:
tem um dado importante que faltou ai, o flamengo não se negou a jogar os 2 jogos da final, o flamengo perdeu o jogo em casa e se negou a ir a ilha do retiro no jogo de volta, com medo de perder o título que estava mais fácil pro sport já que o mesmo tinha ganho a partida fora de casa.

hum...
vlw pela informação! muito importante isso!
flw!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.guerreirosdoalmirante.com.br
giu0000

avatar

Mensagens : 70
Data de inscrição : 03/12/2007
Idade : 26
Localização : RJ

MensagemAssunto: Re: A verdade sobre o brasileirão de 87   Sex Fev 08, 2008 1:00 pm

games escreveu:
tem um dado importante que faltou ai, o flamengo não se negou a jogar os 2 jogos da final, o flamengo perdeu o jogo em casa e se negou a ir a ilha do retiro no jogo de volta, com medo de perder o título que estava mais fácil pro sport já que o mesmo tinha ganho a partida fora de casa.

ae esse jogo em casa q o flamengo perdeu foi no maraca ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.guerreirosdoalmirante.com.br
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A verdade sobre o brasileirão de 87   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A verdade sobre o brasileirão de 87
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A verdade sobre os Manos da Oficina - Dimension Customs no Lata Velha
» injeção programavel
» CAPOTAGEM ECOSPORT 2007
» Carro Novo, pintura nova - Tipos de cuidados e proteção adequada
» TRIUMPH DAYTONA 675 (original) vs. YAMAHA FZ6 (preparada) NO

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
AJF 2002 :: Mesa Redonda :: Futebol-
Ir para: